Cuidado com o que se deseja

Há um lema que sempre mantive: Filhos? Só quando o parto for com anestesia geral ou então um já feito.
Pela primeira vez hoje pensei de maneira diferente.
Em pleno autocarro, antes da sua partida, uma mãe atira literalmente a sua filha para o meu colo.
Caramba que é um bébé e real e eu não sei o que fazer, pensei. Falei com ele, embalei e a gargalhada desdentada tava divinal.
No entanto os 5 minutos de mãe desaparecida pareceram uma hora. Só pensava Cuidado com o que desejas. Abandonou o bébé, esta doida.
Até que com a mesma velocidade o tirou do colo e ouve se “Obligada”.
Algo em mim mudou hoje. Só não sei o quê.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s