Fado Feliz e de Bom Humor

Ontem foi dia de passar o catamaran até à (cada vez mais cara) Tróia, para ouvir os cantares doces e bem dispostos de António Zambujo.

Convidei a Mãe para conhecer este novo Fado, deixando assim este post entregue às suas palavras:

“Logo vi que tinham que ser uma coisa assim. Só maluquice!” (sorriso)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s